SEMANA MUNDIAL DO ESPAÇO

A Semana Mundial do Espaço é uma celebração internacional da contribuição da ciência e tecnologia espacial para o melhoramento da condição humana. Foi oficialmente declarada pelas Nações Unidas como sendo, anualmente, a semana de 4 a 10 de Outubro. Durante a Semana Mundial do Espaço, ocorrem em todo o mundo vários eventos e programas educacionais relacionados com o espaço.
A sincronização de eventos atrai a cobertura pelos meios de informação, que contribui para a educação do público em relação à exploração do espaço.
As datas que delimitam a Semana Mundial do Espaço comemoram acontecimentos marcantes da era espacial: no dia 4 de Outubro de 1957 foi lançado o Sputnik I, o primeiro satélite terrestre construído pelo homem. O Tratado de Exploração Pacífica do Espaço Exterior foi assinado pelos estados membros da ONU no 10 de Outubro de 1967.

Neste ano será a primeira vez que o evento é comemorado em Teresina, do dia 04 de outubro ao dia 10, no IFPI – Teresina Central.

PROGRAMAÇÃO

Dia 04 de Outubro

17h – Credenciamento

18h Palestra 01

19h-Palestra 02

20h- Observação Astronômica

Dia 05 de Outubro

18h – Palestra 03

19h- Palestra 04

20h- Observação Astronômica

Dia 06 de Outubro

18h – Palestra 05

19h- Palestra 06

20h- Observação Astronômica

Dia 07 de Outubro

18h – Palestra 05

19h- Palestra 06

20h- Observação Astronômica

Observação do trânsito de Mercúrio em Teresina-PI

foto ok

No dia 09 de Maio de 2016, acontecerá um “trânsito de Mercúrio”, este é o nome dado a um fenômeno celeste, que acontece quando mercúrio passa entre a Terra e o Sol, neste acontecimento visto da Terra, mercúrio parece um pequeno ponto escuro movendo-se pelo disco solar. Esse evento é relativamente raro, no século XX, a partir do território brasileiro, foi possível vermos seis trânsitos de Mercúrio e extraordinariamente, no século XXI, veremos treze. Em Teresina, será a primeira vez na historia que é disponibilizado uma equipe para tal observação.

Nesta oportunidade, a equipe do projeto “De Olho no Céu de Teresina” (IFPI, GSS, THC) acompanhará este evento em um posto de observação montado na Av. Frei Serafim (em frente ao supermercado Bom Preço). O Evento será gratuito e aberto ao publico em geral, e acontecerá dia 09 de Maio de 2016, das 09 horas  às 16 horas. Para maiores informações acompanhe a pagina do evento no Facebook

Mercúrio aparece na forma de um ponto relativamente próximo ao centro do disco solar, em 8 de novembro de 2006. Fonte: Wikipedia.org

Teresina é representado em Encontro de Física e Astronomia da UFSC

12814807_1001701053233339_4517707427859238281_n

João Evangelista Steiner e Edward Montenegro

12794397_1001701049900006_2939327677145800323_n (1)

Edward Montenegro, falando do projeto “De olho no céu de Teresina”, durante seminário na UFSC

O estudante Edwar Montenegro, do curso de Licenciatura em Física do Campus Teresina Central e atual presidente de GSS, foi destaque no IV Encontro de Física e Astronomia, ocorrido de 22 a 26 de fevereiro, no Campus Florianópolis da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Com a orientação do professor do IFPI-Teresina Central, Ayrton Vasconcelos Lima, Montenegro apresentou o seminário “A Observação Astronômica como Ferramenta Motivadora para o Ensino-Aprendizagem em Física”. Ele foi o único estudante da graduação a apresentar trabalho na categoria seminários.

O interesse dos participantes do evento sobre o trabalho se deu devido à forma simples como é feita a abordagem do estudo de física, utilizando o céu como laboratório para observar e discutir alguns fenômenos e leis da física. Edwar fundamentou seu estudo nas experiências realizadas no projeto “De Olho no Céu de Teresina” desenvolvido no Campus Teresina Central.

 

Fonte: IFPI

Celebremos hoje o International Darwin Day

 10974237_833054403400334_4764341294356508661_o

Hoje todos estamos celebrando o Dia internacional de Darwin, cujo objetivo é inspirar as pessoas para refletir sobre suas contribuições para a Ciência. Darwin, desde que publicou seu livro “A origem das espécies” tem sido o foco das comemorações e homenagens por cientistas, livres pensadores e amantes da ciência. Sua descoberta da seleção natural como mecanismo para a evolução do progresso científico, se desprendeu das garras das limitações teológicas e abriu o caminho para uma compreensão mais completa do nosso lugar no universo. Suas representações ousadas da evolução Darwiniana através de variação genética e seleção natural, possibilitaram ao longo dos últimos 200 anos as maiores realizações nas áreas da saúde, filosofia e bem-estar humano. E também têm elucidado inúmeras contribuições nos dias atuais para a Ciência. Darwin, com toda sua determinação, coragem intelectual e curiosidade, merece ser homenageado pela sua notável contribuição na biologia, cosmologia, e o processo científico em geral, ocasionando uma imensa vontade de compreender a vida moderna em todos nós.

Feliz Darwin Day!

Bióloga Thays Bentes

A GSS participa de atividades educativas na colônia de férias do Lagoas do Norte

12622099_993468047358968_5009457692734932570_o

Voluntários da GSS, no projeto “Colonia de Ferias do Lagoas do Norte”

12628521_993468034025636_4756411086057132471_o

Voluntários da GSS, no projeto “Colonia de Ferias do Lagoas do Norte”

eab5ced5f5

Voluntários da GSS, no projeto “Colonia de Ferias do Lagoas do Norte”

Férias também é época de aprender. E, na Colônia de Férias do Parque Lagoas do Norte, cerca de 300 crianças participam de diversas atividades educativas sem deixar as brincadeiras de lado.
Junto aos jogos recreativos, as crianças aprendem de tudo um pouco: como combater o Aedes aegypti, como funciona o aeroporto e os cuidados que aqueles que moram no entorno devem ter e astronomia. Na tarde de terça-feira (26), por exemplo, um grupo de crianças produziu seu próprio foguete e descobriu qual a sua utilidade.
A pequena Isadora da Silva, de oito anos, é uma das crianças que participam da colônia. Ela elenca o que aprendeu durante os primeiros dias de atividades: “Já sei como lança um foguete, como combater o mosquito da dengue. Estou gostando muito”, afirma. Ana Caroline Almeida, de nove anos, já dá uma aula para os amigos e familiares sobre como combater o Aedes aegypti. “Chego em casa e já conto sobre o que aprendi”, diz.
Os pais, que acompanham os filhos durante as atividades, apoiam a iniciativa da Colônia de Férias. “Está sendo muito legal a colônia, a forma como os assuntos são passados para as crianças. Todos os dias meu filho conta o que aprendeu e ensina um pouco também para todos”, conta Solange Gonçalo, mãe do garoto Kauã Santiago. Ela e o filho moram no Pedra Mole, zona Leste de Teresina, e se deslocam para o Parque Lagoas do Norte.
A GSS teve uma participação especial durante o evento com uma oficina de foguetes construídos com garrafas pet e outros materiais recicláveis.
FONTE: PMT

Eclipse Lunar do dia 27/09/2015 será acompanhado pela equipe do projeto “De Olho no céu de Teresina”

luar eclipse

Em 27 de setembro de 2015, acontecerá um “eclipse lunar”, que é um fenómeno celeste que ocorre quando a Lua penetra totalmente ou parcialmente no cone de sombra projetado pela Terra, em geral sendo visível a olho nú. Isto ocorre sempre que o Sol, a Terra e a Lua se encontram próximos ou em perfeito alinhamento, estando a Terra no meio destes outros dois corpos. Neste acontecimento não poderia ser diferente, a Graviton Scientific Society em Parceria com o Instituto Federal do Piauí, o Teresina Hacker Clube e a Oculares Net, estão oferecendo 15 vagas para as pessoas que desejem acompanhar o fenômeno com a equipe do projeto: “de Olho no Céu de Teresina”

 Fenômeno

Às 22:07h (Horário de Brasília) a Lua vai começar a adentrar a parte mais escura da sombra da Terra, chamada de umbra, de modo que será possível vê-la “sumir” no céu. A partir das 23h11 ela estará totalmente encoberta, adquirindo o tom avermelhado característico dos eclipses totais. O satélite vai passar pouco mais de uma hora com esse aspecto, e, à 00h23, começa a sair da sombra, em um processo que vai até a 1h27 da madrugada do dia 28. O eclipse só deve chegar ao fim cerca de uma hora mais tarde – essa última fase, quando a Lua está saindo da parte mais clara da sombra, dificilmente é vista a olho nu.

Esquema representativo de um eclipse solar. As dimensões dos astros não se encontram à escala. Créditos: astro.up.pt

Horário e inscrições

As pessoas que conseguirem as vagas devem comparecer ao estacionamento do IFPI – Teresina Central – Prédio B, às 21:45h do dia 27 de setembro de 2015 (horário de Brasília). Para participar basta preencher o seguinte formulário e esperar a confirmação que será enviada por e-mail ou Telefone.

 

GSS Promove evento para desmistificar o termo “Fim do Mundo”

 

 

11755821_910076929031414_1254889958897708602_n

Ao longo da historia nossa sociedade foi e é constantemente bombardeia com noticias  anunciando a data para o “fim do mundo”, seja por jornais sensacionalistas ou grupos conspiratórios,  por estes e outros motivos no dia 22/08/2015 (sábado), acontecerá uma rodada de palestras no auditório do IFPI-Teresina Central, com o intuito de desmistificar várias teorias conspiratórias, mitos, folclore e noticias sensacionalistas sobre o “fim do mundo”.

O evento é aberto ao publico em geral e é uma iniciativa do GSS, juntamente ao AstroPT, IFPI – Instituto Federal do Piauí e o Teresina Hacker Clube, procura esclarecer o que a ciência tem a dizer a respeito e de que forma poderia acabar um mundo qualquer no universo.

Para conferir a programação completa e participar, basta confirmar presença no link do evento no Facebook e no dia 22 comparecer com um kg de alimentos no perecível (OBS: alunos do IFPI de todos os niveis a entrada é gratuita) às 14:00 horas.

 

Fenômeno Perseidas será observado por equipe do projeto de “Olho no céu de Teresina”

Nesta madrugada (12/13 de agosto de 2015) acontece uma chuva de meteoros, chamado de fenômeno Perseidas, por conta de que será visívil na direção da constelação de Perseus e ocorre quando a Terra, na sua órbita ao redor do Sol, passa perto dos detritos deixados pelo cometa Swift-Tuttle. O fenómeno ocorre anualmente, por esta altura do ano.

A Graviton Scientific Society , com o projeto de “Olho no Céu de Teresina” estará a observar durante toda a madrugada no estacionamento do prédio B do IFPI-Teresina Central, os interessados em participar deste encontro astronômico, e aproveitar para usar os telescópios  disponibilizados nesta ocasião deverão comparecer a partir das 23:00 horas desta quarta-feira (12). Maiores informações no whatsapp: 086 98871-5379.

 

iriadas

Professor Lindemberg Lemos fala da importância de incentivar os alunos a estudar física

Prof.  Lindemberg Lemos

Prof. Lindemberg Lemos

Lindemberg Lemos é professor de física de pelo menos 8 escolas particulares de renome da cidade Teresina e é uma das personalidades que mais tem contribuído com o ensino de física e divulgação cientifica em Teresina ao longo destes últimos anos.

Professor Porque a física é tão importante para a sociedade?

A física esta relacionada com toda à dinâmica do nosso dia a dia, como por exemplo, computação, celulares, transporte, alimentação, secador de cabelo, etc. Uma melhor compreensão desta ciência pode nos ajudar a desenvolver ferramentas e técnicas mais adequadas para nosso cotidiano.

-Professor por que na sala de aula uma grande quantidade de alunos acha que a física é difícil ou tem uma espécie de aversão aparentemente sem motivo?

Ao ensinar física  estamos ministrando no mínimo quatro disciplinas ao mesmo tempo (física, matemática, português –interpretação de texto e química) e o aluno tem que ter raciocínio apurado. Por isso a maioria das pessoas possui dificuldade com essa disciplina e as vezes os métodos usados pelo professor contribui para a construção dessa imagem por parte dos alunos

-Na  sua opinião, como poderíamos atrair esses alunos para a física?

Uma das maneiras de atrair os alunos seria os convidando para participar de palestras dinâmicas,em que eles possam se deslumbrar com as maravilhas do universo descoberto pela física, participando de  férias de ciência, ex e assim então passam gostar da física e consequentemente estudar um pouco mais.

-Professor nessas suas palestras o que mais tem lhe chamado atenção?

O que me tem surpreendido é que mesmo as palestras sendo aos finais de semana, a quantidade de publico interessado em participar das mesmas é muito grande e podemos ver o interesse em interagir, aportar ideias, fazer perguntas ao longo da palestra.

Quais são os assuntos mais abordados nas suas palestras?

Nas palestras são abordados assuntos que são raramente trabalhados em sala de aula, como exemplo: a evolução do universo, evolução das estrelas, a possibilidade da viagem no tempo, matéria escura, energia escura e as famosas curvas temporais fechadas.

Quem pode participar das palestras de física que o senhor realiza?

Alunos a partir do nono ano do ensino fundamental e o publico em geral que tenha curiosidade por entender a dinâmica de funcionamento do universo.

Qual é a sua mensagem para as pessoas que participam da Graviton Scientific Society?

Eu acompanho a GSS desde seu inicio, quando começo como o projeto de ensino no qual se buscava desenvolver novas metodologias de ensino, na qual tive oportunidade de ministrar aula algumas vezes, seguida do Conexão Cósmica I no qual participaram o Astrônomo Marcelo Gleiser, o Físico português Manel Rosa, com o qual interage fazendo perguntas sobre  o bóson de Higgs, seguido de outros projetos como o curso de introdução a astronomia e astrofísica, o projeto de olho no céu de Teresina e estou sabendo que este ano terá conexão cósmica II e outros projetos inéditos para Teresina.

A GSS é uma entidade inovadora, seria e que visa o desenvolvimento cientifico de nossa sociedade. Acompanho diariamente o sucesso de cada projeto. Aproveito a oportunidade para convidar a participar dos projetos desenvolvidos.

Aproveito aqui a oportunidade para convidar a nos prestigiar neste sábado as 15:00 horas no auditório do IFPI-Teresina Central, em que estarei ministrando uma palestra, cujos fundos arrecadados com a mesma será doado para a GSS.

2ª Edição do projeto “De olho no céu de Teresina”, tem recorde de público adolescente

A 2ª Edição do projeto “De olho no céu de Teresina” aconteceu no sábado 27 de junho de 2015 e teve como atrativos principais para se observar a Lua, Júpiter, Vénus e Saturno.

Nesta edição teve como convidados especiais alunos de escolas da rede municipal de ensino de Teresina, alunos do IFPI, entre outros. O evento foi realizado no horário entre as 18:00 e 21:00 horas, no estacionamento do prédio B do IFPI- Teresina Central.

Lembrando mais uma vez para os amantes da astronomia que:Durante as atividades de observação acontecem explanações sobre a história e uso do telescópio, bem como descrições sobre os corpos celestes a serem observados.

As observações são abertas ao público (menores de 15 anos devem ser acompanhados por responsável) e acontece duas vez por mês, no sábado. Para cada dia de observação serão ofertadas 30 vagas, no horário de 17 às 21 horas. Inscrições serão realizadas através deste link http://gss1.org/site/?page_id=492#comment-30; E-mail:[email protected] ou no telefone: (86) 98871-5379.

 

 

 

002

De olho no céu de Teresina, é um projeto desenvolvido pelo IFPI/THC/GSS

003

De olho no céu de Teresina, é um projeto desenvolvido pelo IFPI/THC/GSS

005

De olho no céu de Teresina, é um projeto desenvolvido pelo IFPI/THC/GSS

006

De olho no céu de Teresina, é um projeto desenvolvido pelo IFPI/THC/GSS

007

De olho no céu de Teresina, é um projeto desenvolvido pelo IFPI/THC/GSS

010

De olho no céu de Teresina, é um projeto desenvolvido pelo IFPI/THC/GSS