14/12/2020: O Eclipse Total do Sol.

Em um ano marcado pelo distanciamento social oriundo da pandemia de Covid19, os fenômenos astronômicos ganharam força, funcionando como verdadeiras “válvulas de escape” para um dia-a-dia tão modificado. Um destes será o Eclipse Total do Sol, que ocorrerá no dia 14 de dezembro de 2020.

Basicamente, um eclipse solar ocorre quando a Lua passa entre o Sol e a Terra, ocultando total ou parcialmente a sua luz numa estreita faixa terrestre. Do ponto de vista de um observador fora da Terra, a coincidência é notada no ponto onde aponta o cone de sombra risca a superfície do planeta.

Eclipse solar. Como funciona um eclipse solar? - Brasil Escola
Imagem: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/eclipse-solar.htm

Para uma observação segura, seguem aqui algumas recomendações importantes:

Olhar diretamente para o Sol com a proteção ocular adequada: considere Binóculos e Telescópios com filtros especiais seguros (se possível sob supervisão competente, preferencialmente de um astrônomo profissional ou amador experiente). Deve-se evitar o uso de radiografias ou óculos escuros (pois não oferecem proteção UVA nem UVB) devido o risco de danos à visão em decorrência do brilho excessivo do Sol (e não do eclipse em si). Pode-se fazer esse tipo de observação via projeção indireta, onde se projeta a imagem do Sol numa folha de papel ou cartão (ou qualquer outro anteparo adequado).

O site https://www.eclipsesolar2019.cl/eclipse/mapa-del-eclipse-2020/ traz uma contagem regressiva para o fenômeno, que poderá ser visto no Peru, Bolívia, Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai, e na maior parte do Brasil. Estaremos de olho!

Por: Jussiê Soares (Graviton-IFMA)

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *