A GSS será a principal instituição responsável pelo desenvolvimento da Primeira Missão Piauiense à Estratosfera.

Esta missão será desenvolvida em parceria com o Programa Cidade Olímpica Educacional e tem como principal objetivo o desenvolver e testar tecnologias para a exploração do espaço e observação da Terra. Além da GSS, neste projeto trabalharão equipes de professores e alunos do IFMA, IFPI e UFMA.

Ao longo da história o ser humano tem sempre procurado explicações para diversos fenômenos observados na natureza. De fato, a curiosidade faz parte da natureza humana desde os tempos mais remotos. Neste contexto temos o desenvolvimento da Ciência como uma das grandes conquistas do ser humano e, vale a pena lembrar que “Exatidão” e “Clareza” são concebidos como uma das principais características do pensamento científico, ou dito de outra forma, ideias científicas procuram ser exatas e claras a fim de proporcionar condições de as verificarmos e replicarmos com o propósito de tais conhecimentos serem compartilhados geração após geração.

Conceito artístico da sonda que fará parte da primeira missão estratosférica do Piauí. Créditos: GSS/Luis Flavio.

Diante deste cenário, foi criada em 2014 por estudantes de graduação em Física do Instituto Federal do Piauí, a GSS (Gráviton Scientific Society), na qual sempre se destacou no trabalho de alfabetização e divulgação científica. Palestras presenciais em auditórios, palestras virtuais com especialistas em divulgação científica, observações astronômicas com uso de telescópios acessível à população, entre outras atividades, são algumas das ações desenvolvidas ao longo destes 7 (sete) anos de existência. Ressaltamos que mesmo em tempos de pandemia a GSS não interrompeu o seu trabalho de divulgação da Ciência, sempre promovendo encontros e palestras virtuais mantendo assim a chama acesa nestes propósitos de divulgação científica.

Mantendo a tradição e os motivos para o qual foi criada, a GSS apresenta a “Primeira Missão Piauiense à Estratosfera”.  Trata-se, portanto, do primeiro projeto de desenvolvimento de uma sonda espacial do Piauí. Destacamos que a importância de se estudar a estratosfera com o lançamento de um satélite impulsionará a criação de um programa espacial piauiense. A escolha da estratosfera se justifica pelos motivos que nesta região de nossa atmosfera ocorrem fenômenos fundamentais para a existência e manutenção da vida em nosso planeta e, obtendo uma melhor familiarização com este ambiente podemos ajudar no trabalho de conscientização da população no que diz respeito à preservação do meio ambiente.

Diversos são os desafios que temos pela frente. Mas, como enfatizado no início, a curiosidade é inerente à natureza humana, a busca pelo conhecimento, a vontade de enxergar mais longe, o pioneirismo, o espírito científico, é tudo isso que move a GSS. E não mediremos esforços em colocar esta missão em prática. Um dos objetivos deste projeto é o de motivar os jovens estudantes piauienses a estar envolvidos nas etapas de aplicação da missão.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *