NASCE A GRAVITON SCIENTIFIC SOCIETY

logo gss

A GRÁVITON SCIENTIFIC SOCIETY (GSS) é associação civil, Pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, independente, laica e sem caráter político-partidário, cujos objetivos principais são:contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico da humanidade;promover e facilitar a divulgação e a cooperação do conhecimento científico entre os pesquisadores e a sociedade em geral. Registrado  com CNPJ: 21.826.343/0001-80

Como surgiu a GSS?

  A Gráviton Scientific Society (GSS) surgiu a partir de uma proposta de projeto, em uma disciplina pedagógica do curso de licenciatura em física do Instituto Federal do Piauí (IFPI). O estudante Edward Montenegro decidiu expandir esse projeto pedagógico desenvolvendo o Projeto Gráviton juntamente com Gilson Silva e outros alunos de física, não apenas do IFPI mas também de outras instituições de ensino superior que abrangem o Piauí e o Maranhão.

  Pesquisa, ensino e divulgação cientifica formam os pilares desse projeto que tem como objetivo a construção de um centro de estudos e experimentos científicos, onde os estudantes e cientistas possam vir a desenvolver seus estudos e, quem sabe, prestar a sociedade soluções viáveis para problemas tais como abastecimento de agua, energia, entre outros.

  O Projeto Gráviton com exatos 9 meses passou a se chamar oficialmente Gráviton Scientific Society em 16 de dezembro de 2014, quando o grupo deixou de ser apenas um projeto de Extensão de alunos para se tornar uma instituição sem fins lucrativos dedicada à ciência.

Porque o nome “Gráviton”?

  Em física a palavra Gráviton (ou Gravitão) é usada para designar uma partícula elementar hipotética que seria a responsável pela transmissão da força da gravidade na maioria dos modelos da teoria quântica de campos. Não obstante, a partícula que contém força gravitacional, ainda não pode ser comprovada experimentalmente.

Esses desafios para provar a existência do Gráviton influenciou na escolha do nome do projeto, devido as dificuldades que o grupo enfrenta desde sua criação, em conseguir cumprir seus objetivos (desde promover eventos de física à Construção do Centro de Pesquisa e Observação), que são analógicos as dificuldades relacionadas à partícula elementar gráviton.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *